sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Novo colonialismo: Investidores estrangeiros tomam conta das terras agrícolas africanas


Clicar no título para acessar a postagem

Novo colonialismo: Investidores estrangeiros tomam conta das terras agrícolas africanas

Horand Knaup e Juliane von Mittelstaedt
Governos e fundos de investimentos estão comprando terras agrícolas para cultivar na África e na Ásia - um negócio lucrativo, levando em conta o crescimento da população global e o aumento rápido dos preços dos alimentos. Mas o arriscado "Banco Imobiliário" da vida real está levando a um colonialismo moderno ao qual muitos países se submetem por necessidade.

Toda crise tem seus ganhadores. Um grupo deles está reunido na sala Stuyvesant do Marriott Hotel em Nova York. A sala de conferências, com persianas fechadas e luz reduzida, está cheia de homens de Iowa, São Paulo e Sydney - fazendeiros de milho, grandes proprietários de terras e administradores de fundos. Cada um deles pagou US$ 1.995 (cerca de R$ 3.700) para comparecer ao encontro Global AgInvesting 2009, a primeira conferência de investidores do emergente mercado mundial de terras agrícolas.

Geografia Hoje

Um comentário:

Jana B. disse...

Olá, meu Blog recebeu o prêmio DARDOS (um selo). Indiquei o seu blog para ganhar esse selo também, passe lá no Só pra Historiar (http://soprahistoriar.blogspot.com) e pegue seu prêmio, vc pode colar o selo no seu blog e indicar 15 blogs amigos! Abraços.