quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

COMO SURGIU A ONU?


Em junho de 1945, um ano depois do Dia D (6 de junho de 1944) e antes das bombas de Hiroshima (6 de agosto de 1945) e Nagasaki (9 de agosto de 1945), foi escrita a Carta das Nações Unidas, que entraria em vigor em 24 de outubro de 1945.
Cinqüenta e um países assinaram a Carta, que estabelecia entre seus princípios básicos a manutenção da paz e da segurança internacional, o desenvolvimento de relações amistosas entre as nações, a cooperação internacional e o respeito aos direitos humanos. Entre os principais órgãos existentes atualmente nas Nações Unidas está o Conselho de Segurança, composto de 11 países-membros, sendo cinco permanentes (EUA, França, Reino Unido, China e Rússia), todos com poder de veto sobre as resoluções do Conselho.
Durante a Guerra Fria, o famoso enfrentamento político, econômico e ideológico entre os EUA e a extinta URSS, a ONU teve papel importante na política externa mundial, pois podia mediar conflitos sem solução. Ao mesmo tempo em que uma potência não podia mostrar fraqueza diante da outra, também não podia mostrar força demais, uma vez que uma guerra entre as duas certamente resultaria em uma tragédia em escala global. Assim, como instrumento multilateral de discussão, a ONU evitou uma colisão frontal entre duas opiniões apenas, o que certamente geraria um impasse e, levando em conta o papel importante das potências européias ocidentais, aliadas aos EUA, nas Nações Unidas, podemos concluir o quanto ela foi útil até a década de 1980.
Durante esse período, porém, com o fim da URSS, a queda do muro de Berlim, em 1989, e a conclusão da reunificação da Alemanha em 1990, o enfrentamento bipolar cessou, fazendo com que, gradativamente, a ONU perdesse importância, uma vez que os EUA não necessitam mais de um organismo de poder equilibrado no mundo. O desequilíbrio parte deles, por não terem mais concorrentes à altura. Agora, passou a ser útil para os EUA a voz da força, sendo deles a mais forte e, nos conflitos atuais, destacando-se o do Iraque, fica claro que, quando o Conselho de Segurança não estiver de acordo com a postura americana, ele será ignorado. Antes do fim da Guerra Fria isso não poderia ser feito, para não desmoralizar a ONU, nem criar um antecedente perigoso que também poderia ser usado pelos soviéticos.

Conrado Ferranti Bichara é historiador, formado pela Universidade Estadual de São Paulo (Unesp).


Revista Desvendando a Historia

6 comentários:

ingrede alves santana disse...

adorei!!!
bjss

ingrede alves santana disse...

oi foi bem legal viu

De tudo disse...

No fundo da verdade a ONU foi criada
para que os E.U.A se mantesse no poder sutilmente, e hoje é uma realidade nem precisam mais de onu pra tomar uma desisão de guerra, só a mantem pela sua moral.

Luan Henrique disse...

Olá gostei muito deste toico sobre a onu, ele me rendeu 9,4 em hisória
:D
Obrigado.

Douglas Augusto Marques disse...

gostei bastante em saber como Surgiu a ONU...e o mais interessante é que foi atravez de um trabalho escolar!

obrigado!

Anônimo disse...

foram 50 países